01 maio 2019

Enquanto estive fora

Eu me perdi, mas não foi como da vez em que me perdi dos meus pais no supermercado quando eu era criança, nem quando me perdi dos meus amigos na festa, ou até mesmo quando embarquei no ônibus errado. Não foi assim. Na verdade eu me perdi em mim. A princípio, perder-se no supermercado quando criança parece muito mais assustador, você se sente bobo e abandonado, olhando para os lados desesperadamente tentando parecer tranquilo e não-perdido, enquanto você engole o choro infantil.

Perder-se em si mesmo é muito tênue, quase imperceptível, mal se sabe que está perdido; você continua vivendo todos os dias habitualmente — você sabe o caminho até a sua casa e como chegar nela, e você sabe exatamente em que lugar está. Perder-se em si trata-se de não se conhecer mais, desaprender como é viver sozinho, é apoiar-se em coisas em pessoas para suportar o fato de que não consegue ter a sua própria companhia. Quando me dei conta de que estava perdida, enlouqueci. No ápice de minha insanidade mental, tive o insight mais louco de minha vida. Meu enlouquecimento durou cinco minutos.

Acordei no outro dia triunfante e inspirada e fiz uma bela limpeza no meu quarto. Joguei lixo fora e todas as coisas que não me eram úteis, desprendi-me de outras que possuíam valor sentimental que já não fazia mais sentido para mim. Coloquei para doação roupas que não usava há muito tempo e, por fim, separei os pertences da pessoa que agora não pertence mais a minha vida.

11 comentários:

  1. eu também me perdi recentemente, e me encontrei. aliás, vivo me encontrando!

    que bom que você teve esse insight, espero que tenhamos vários outros, pois é isso que nos move à ação, a girar a roda da vida.

    ResponderExcluir
  2. me senti tão imersa enquanto lia.
    me sinto assim hora sim hora não, e as vezes sinto que nem existo de verdade. fiquei confortável ao terminar, mesmo estar perdida em si mesmo não seja das minhas coisas favoritas. salvei o post nos meus favoritos para ler quando me sentir assim.

    ResponderExcluir
  3. Hi Isa! I miss u *-*

    ResponderExcluir
  4. Why did you delete some posts? I loved reading your project letters, and about your routine.

    ResponderExcluir
  5. Que saudade desse blog 💕 Seus textos me tocam sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom te ver por aqui!! Muuuita saudade <3

      Excluir
  6. Interessante este artigo que acabei de ler neste blog, gostei salvei até em meus favoritos no navegador.
    número da larissa manoela oficial

    ResponderExcluir
  7. Acho tão bom quando eu faço uma limpeza no meu quarto, pena que não é sempre que acontece xp Geralmente é quando eu me encontro. Gosto muito dessa parte aliás. Me perder para depois me encontrar e poder me livrar de tudo que não me pertence mais.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O seu comentário foi uma das coisas mais encantadoras que já havia lido, não sei por que apagou :( mas de qualquer forma obrigada por tê-lo escrito, Olly, guardei suas palavras com muito carinho.

      Excluir