31 janeiro 2021

Perder você

Dia 0: Não quero te perder, espero que ainda possamos ser amigos, você é muito especial para mim. Mas isso está me machucando, é o melhor para nós. 

Dia 5: Por que isso está acontecendo? Eu não mereço passar por isso, eu não mereci ter passado por tudo isso! Desde o início eu não queria me envolver com ninguém.

Dia 9: Eu sou apaixonada por você, sabia disso? E eu quero muito te ver, te abraçar. Sinto sua falta. Há tantas coisas que eu ainda quero fazer com você, terminar aquele anime, aquele jogo, viajar juntos, tomar banho de banheira, de mar, dirigir com você ao meu lado...

Dia 16: Ele não está mais apaixonado por mim. O que tem de errado comigo? O que eu fiz de errado? Eu queria tanto que tivesse dado certo. Está doendo tanto amar alguém que não me ama, querer alguém que não me quer. Nunca senti isso por alguém antes. Eu me sinto usada.

Dia 20: Eu definitivamente estou melhor sozinha! 😊

[Le petit soldat, 1963 dir. Jean-Luc Godard]

Fragmentos dos cinco estágios da perda: Negação, raiva, barganha, depressão e aceitação.

26 janeiro 2021

Metas para 2021


Eu já estava desapegada da ideia de postar uma lista de metas esse ano. Mas eis que surge o tema da postagem do mês do Projeto Together: postar a sua listinha de metas para 2021, mas que seja manuscrita. Arranquei uma página do meu caderninho pontilhado, pois assim não haveria chances de sair tudo tordo (hehe) e colei alguns recortes de revista.

São poucas metas para esse ano, dada as circunstâncias em que estamos hoje em relação a pandemia e ao isolamento social, porém são coisas das quais quero muito realizar! 

11 janeiro 2021

Sobre trocar cartas

Eu já troquei cartas há muito tempo e estou sentindo falta de escrever e receber cartas. Tenho pensado muito nisso ultimamente, mas não encontro destinatários.

Descobri a existência do Penpal (pen = caneta/ pals: parceiro), um site que consiste na troca de correspondências com pessoas do mundo todo. É maravilhoso! Porém, tenho vontade de me corresponder com pessoas de outros lugares do Brasil. Nosso país é tão grande! (Cliquem aqui para ter uma noção disso). Infelizmente a maioria dos brasileiros cadastrados no Penpal tem interesse na cultura estrangeira ou em aprimorar o inglês e/ou outras línguas.

Eu gosto muito de produzir as cartas, tanto de escrevê-las quanto enfeitá-las, até mesmo de preparar o envelope para a entrega. É muito gostoso receber cartas, saber que aquele envelope foi feito com tanto carinho e viajou muitos quilômetros para chegar até mim. Eu adoro trabalhos manuais, caligrafia, papel. Acho o processo de trocar cartas maravilhoso. É muito bom poder conectar-se com outras pessoas através das cartas, é menos sintético que uma mensagem de celular ou um e-mail. Eu também adoro algumas coisas à moda antiga.

Sei que ainda estamos em período de pandemia, e é por esse mesmo motivo que eu sinto falta desse contato real com pessoas, ainda que por meio dos correios. Por isso, eu gostaria muito de alguém para corresponder. Se você tiver interesse em trocar cartas comigo, me mande um e-mail: granadoisadora@gmail.com (please don't be shy) ou avisa aqui nos comentários e a gente conversa mais sobre isso. No site dos Correios tem como buscar as agências mais próximas da sua localidade. Sobre alguns cuidados com a pandemia: sempre usar máscara e levar álcool em gel. Vamos aguardar pacientemente a vacina!

Mas essa postagem não é só um apelo em busca de correspondentes (hehe), me conta sobre você, se já trocou cartas com alguém, se tem curiosidade, o que você pensa sobre isso. Eu vou adorar saber <3